10Milhões de Casas Abandonadas….

Japonês sem estudo e que trabalhava na fábrica conta como adquiriu fortuna de ¥80 milhões

Miwa teve sucesso ao investir em casas velhas para reformar. Foto: Nikkan SPA!

A vida pode ser muito sofrida para quem nasce em um ambiente financeiramente desfavorável, não consegue concluir os estudos e acaba a mercê de trabalhos exaustivos e com baixa remuneração. O japonês Miwa*, natural de Fukuoka, foi criado em uma família de baixa renda e largou os estudos quando concluiu o ensino ginasial para trabalhar.

Em uma reportagem do portal Nikkan SPA!, Miwa, que tem 37 anos, contou como conseguiu sair de um estado de dificuldade financeira, com um salário de ¥170 mil em uma fábrica na cidade de Kita-kyushu (Fukuoka), para a riqueza com o investimento bem-sucedido em imóveis.

No início da vida adulta, Miwa se viu em uma situação que parecia não ter perspectiva de melhorar no futuro. Aos 26 anos, ganhava o salário baixo na fábrica e não tinha nem ¥500 mil guardados na conta bancária.

“Até me casar com a namorada que eu tinha na época parecia um sonho distante. Eu achei que não podia seguir assim, mas trabalhava na linha de produção e por mais que fosse promovido, meu salário não ia passar de ¥200 mil por mês onde eu estava. E com pouco estudo, eu tinha poucas chances de ganhar mais em qualquer outro serviço”, relembrou.

Miwa foi persistente na ideia de procurar uma outra forma de ganhar dinheiro enquanto mantinha a rotina desgastante na fábrica. Com esta ideia firme na cabeça, ele acabou se deparando com uma oportunidade que encontrou ao ler uma revista.

“A matéria falava sobre o investimento em casas velhas. Eu achei que aquilo era uma boa ideia, mas hesitei nos primeiros dois anos e não consegui comprar nada. Era um universo desconhecido e eu não queria fracassar. Eu me esforcei para juntar dinheiro neste período e comecei a estudar mais”, explicou.

Reforma de casas velhas

Foto: Marisa Buhr Mizunaka – Unsplash (imagem ilustrativa)

O tempo juntando dinheiro e coletando informações ajudou Miwa a ganhar mais confiança. Ele participou de um seminário de jovens investidores em imóveis e ouviu histórias de sucesso. “Eu percebi que tinha gente realmente se dando bem com isso e tomei coragem. Na mesma época um parente meu tentava se livrar de uma casa velha e eu decidi comprar o imóvel e tentar reformar”, contou.

A primeira casa velha adquirida pelo japonês saiu por ¥1 milhão e mesmo decidido, não foi fácil dar o próximo passo, mas Miwa sabia que precisava seguir em frente ou não atingiria seus objetivos.

“Eu levei dois meses até comprar a casa de verdade! (risos). Depois, fiz a reforma por conta e o primeiro morador apareceu 9 meses depois. No fim das contas, se tornou um investimento lucrativo. Eu passei a procurar casas velhas que tivessem potencial de gerar um bom lucro”, disse.

Miwa foi aumentando suas propriedades, adqurindo casas e apartamentos ano a ano. Em 2019, finalmente saiu da fábrica. Atualmente, é dono de 10 imóveis e tem ¥80 milhões em bens.

“Meu próximo investimento será um imóvel de ¥120 milhões e não estou surpreso. Parece mentira agora que eu senti medo quando fiz o primeiro investimento de ¥1 milhão”, disse, rindo.

Para quem quer tentar algo mais lucrativo na vida, Miwa tem uma dica na ponta da língua:

“O que é realmente necessário para mudar de vida é tomar coragem para dar o primeiro passo”, garante…

P.S-O total dos ativos financeiros detidos e a avaliação imobiliária é de cerca de 200 milhões de ienes (empréstimo de investimento imobiliário de 120 milhões de ienes), e a renda anual de aluguel é de cerca de 35 milhões de ienes.

No caso de um apartamento comprado com empréstimo total no ano passado, o rendimento é assumido em 10,7 milhões de ienes e o rendimento na ocupação total é de 17,9%. No entanto, o resultado pode ser deixado. leva tempo para encontrar e reparar a propriedade, se a hipoteca e o lucro aumentarem, você pode comprar uma propriedade maior e o lucro aumentará de forma composta.”


 A escala da propriedade se expandiu gradativamente e, há dois anos, ele se aposentou da fábrica onde trabalhou por 19 anos.Atualmente, ele possui 10 prédios
Esse post foi publicado em Impressoes do Japão. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s