Cidades Proibidas de Fukushima

Estas imagens nunca vistas mostram a zona de exclusão de Fukushima devorada pela natureza .

Quando visitei Chernobyl pela primeira vez há 7 anos, eu não achava que um desastre semelhante poderia ocorrer em qualquer lugar do mundo nunca mais e certamente não no Japão. Afinal de contas, a energia nuclear é segura e a tecnologia é cada vez menos propensa a falhas , portanto, um desastre semelhante não poderia acontecer no futuro. Os cientistas disseram  isso, as empresas que constroem centrais nucleares,o governo ,mas aconteceu….fukushimaPOD0305

A energia nuclear é a energia de um futuro brilhante, diz o cartazFukushima_Arkadiusz_Podniesinski_20
RADIAÇÃO ou evacuação Imediatamente após o desastre na central Fukushima uma área de 3 km foi evacuada e mais tarde de 20 km, foi designada a partir da qual ,cerca de 160. 000 residentes foram evacuados à força. Caos, e um sistema ineficiente dos níveis de radiação de monitoramento, resultou em muitas famílias sendo divididas ou evacuadas para lugares onde a contaminação foi ainda maior. Nos meses e anos que se seguiram, como as leituras tornaram-se mais precisas, os limites da zona evoluiram. A zona foi dividida de acordo com o nível de contaminação e a probabilidade de que os moradores fossem voltar. Quatro anos após o acidente , mais de 120 000 pessoas ainda não são capazes de voltar para suas casas, e muitos deles ainda estão vivendo em alojamento temporário construído especialmente para eles. Tal como aconteceu com Chernobyl, alguns moradores desafiaram a ordem de evacuar e voltaram para suas casas logo após o desastre. Alguns nunca mais sairam e continuam cuidando da fazenda e seus animais.POD0577
carros abandonados, no que era uma estrada perto da instalação nuclearFukushima_Arkadiusz_Podniesinski_01Fukushima_Arkadiusz_Podniesinski_04

Arkadiusz mostra uma radiação de 6,7 µSv/hFukushima_Arkadiusz_Podniesinski_03

Esta foto aérea tomada com um drone mostra um dos lixões com milhares de sacos de terra contaminada.vlcsnap-2015-09-13-22h41m21s434 (1)

Ao entrar numa das zonas permitidas, a primeira coisa que se nota é a enorme escala do trabalho de descontaminação. Vinte mil trabalhadores fazem meticulosamente a limpeza de cada pedaço de solo. Eles estão removendo o topo, camada mais contaminada do solo e colocam em sacos, para ser levado para um dos vários milhares de locais de despejo. Os sacos estão por toda parte. Eles estão se tornando uma parte permanente da paisagem  de Fukushima.

As teias de aranha formam uma rede sobre os produtos jogados pelo chão deste supermercado abandonado e ate Dinheiro..Fukushima_Arkadiusz_Podniesinski_06

POD7966POD8673POD9259

POD9140 (1)POD9297

As cidades desabitadas ainda tem iluminação a noite..POD9753

Fonte: Arkadiusz Podniesinski

Esse post foi publicado em Impressoes do Japão. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s