O Guerreiro Que Não Foi Derrubado

8
Saito no Musashibo Benkei foi um monge guerreiro do Japão lembrado por um dos feitos mais impressionantes da história militar.

A história diz que Benkei ficava na ponte Gojo em Kyoto, onde desafiava para um duelo cada guerreiro que passava confiscando a espada de seus oponentes derrotados, vindo a recolher um total de cerca de 999 espadas. Em seu milésimo duelo, Benkei foi derrotado por Minamoto no Yoshitsune . Assim, ele se tornou um guerreiro de Yoshitsune e lutou ao seu lado nas Guerras Genpei  . A Yoshitsune foi creditado os maiores sucessos do Clã Minamoto contra o Clã Taira, especialmente o da Batalha Naval de Dan no Ura  que deu fim a guerra. Mas depois de sua última vitória, seu irmão mais velho Minamoto no Yoritomo, virou-se contra ele.Durante os dois anos de luta que se seguiu, Benkei acompanhou Yoshitsune como fugitivos da lei. Finalmente, eles foram cercados no Castelo Koromogawa no Tate (Batalha de Koromogawa, 15 de junho de 1189).

Quando Yoshitsune pediu a Benkei para impedir qualquer um que se aproximasse a fim de que ele pudesse cometer Seppuku (suicídio honroso), o monge fez o impossivel para cumprir sua promessa.

Benkei teve que enfrentar um exército , o que fez através do abate de onda após onda de soldados estúpidos o suficiente para chegar a seu alcance. O fato era que Benkei era um gigante para a época (cerca de dois metros) e usava uma Naginata (uma espada em uma longa vara),que o ajudou a matar muitos oponentes. Depois de perder muitos atacantes, o exército inimigo decidiu simplesmente atirar flechas  em Benkei. Ele nem sequer pestanejou. Seus adversários assistiram com admiração conforme o monge ficou perfeitamente imóvel enquanto dezenas de flechas o atingiam. Até que alguém teve coragem de chegar perto de seu corpo e perceber que ele havia morrido dos ferimentos das flechas, mas elas inadvertidamente haviam segurado seu corpo no lugar, dando a seus oponentes a ilusão de que ele ainda estava de pé.  Esse fato ficou conhecido como Morte em pé de Benkei ( 弁慶の立往生 , Benkei no Tachi Ōjō).

Esse post foi publicado em Impressoes do Japão. Bookmark o link permanente.

2 respostas para O Guerreiro Que Não Foi Derrubado

  1. Cláudia disse:

    Nossa que incrível, amei! Adoro histórias e lendas de todas as culturas e a japonesas são minhas favoritas!

  2. Lang disse:

    Cara, adoro esse tempo do Japão. Conheci Benkei Musashibo e Yoshitsune Minamoto no game Genji: Dawn of The Samurai e logo em seguida Genji: Days of the blade, sem contar uma outra saga de samurais no qual não me lembro o nome, esses games são melhores que Onymusha. Eu me amarro na história dos dois !❤ Verdadeiros guerreiros, samurai e monge!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s