A Casa de UP

628x471Edith Macefield (21 de agosto de 1921 – 15 de junho de 2008) alcançou notoriedade em todo o mundo em 2006, quando ela recusou US$ 1 milhão para vender sua casa e abrir caminho para um shopping comercial no bairro de Ballard em Seattle .No processo, ela tornou-se uma espécie de heroina popular. Em vez disso, o projeto de cinco andares foi construída em torno da antiga casa de Fazenda com 108 anos de contrução.
Após sua morte, foi revelado que Macefield doou a casa dela para o superintendente da construção do novo edifício, Barry Martin, em gratidão pela amizade que tinha mostrado durante a construção. Ele a ajudava com medicações e até em compras do supermercado. Pela proximidade dos dois, ele começou a perceber que sua amiga estava perdendo peso de forma acelerada e a levou ao hospital, descobrindo que ela tinha câncer no pâncreas, o que infelizmente a levou à morte  aos 86 anos.

Macefield  aprendeu francês, alemão e foi professora. Entrou para o exército e foi enviada para a Inglaterra durante a II Guerra, onde mais tarde foi retirada do serviço depois que autoridades descobriram que ela não tinha 18 anos. Macefield conseguiu ficar na Inglaterra, onde ajudou a cuidar  de órfãos de guerra, voltando para cuidar da mãe quando adoeceu.

Quando perguntaram por que não queria se desfazer da Casa,ela respondeu: “Eu não quero me mudar. Não preciso do dinheiro. O dinheiro não significa nada para mim. Esta é a minha casa. Minha mãe morreu aqui, neste sofá. Eu voltei da Inglaterra para os Estados Unidos para cuidar dela. Ela me fez prometer que eu a deixaria morrer em casa, e não em um asilo. Cumpri minha promessa e é aqui onde quero morrer também, na minha própria casa, neste sofá”.

Edith-Macefields-House-1-652x434
Em 26 de maio de 2009, publicitarios da Disney colocaram balões no telhado da casa de Macefield, como uma chamada promocional para seu filme Up, em que a casa de um viúvo de envelhecimento é semelhante cercado pelo iminente desenvolvimento. Argumento e produção do Filme começaram em 2004, quatro anos antes de a recusa de Macefield em vender para os promotores imobiliários.

Esse post foi publicado em Antiguidades, Entretenimento. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s