A Longa Estrada de Shikoku

Uma pessoa se torna virtuosa ao subjugar o corpo. Provérbio Japones

shikoku-hikers-123rf-shikoku-iwaya-ji-temple16375897-panoPor mais de 1200 anos os japoneses têm vestido robes brancos de peregrinos, usado um cajado e caminhado por esta peregrinação budista- 1.350 km (840 milhas) a 88 templos construidos por Kūkai .Shikoku-Pilgerweg_Karte

O Budismo é a outra religião do Japão, introduzida no século VI. Embora o Zen Budismo seja a seita mais conhecida no Ocidente, a popularidade dela vem atrás do Shingon no Japão.

kukai2Kūkai (774-835), a título póstumo chamado Kōbō Daishi, introduziu o Shingon no Japão a partir de China. Um poeta renomado e monge, ele também é um dos fundadores da Peregrinação Shikoku, cujo objetivo é o de alcançar a iluminação. O japonês é solicitado a embarcar em uma peregrinação por várias razões, por exemplo, rezar pela recuperação de doenças ou para o repouso da alma de um familiar falecido. Outros visam a fazer a peregrinação em sua aposentadoria, em preparação para a morte budista em que a devoção e mérito vai ajudar a garantir que eles vão alcançar a iluminação e entrar no paraíso budista.

Ao contrário da Peregrinação Kumano, a peregrinação Shikoku não tem restrições sobre as mulheres. É uma rota circular, seguindo o perímetro da ilha de Shikoku, assim você acaba onde começou de 40 a 60 dias mais tarde (o montante estimado de tempo que leva, se você caminhar ).

cap025 (1)sA maioria das pessoas japonesas nos dias de hoje não pode tomar todo esse tempo fora de postos de trabalho (ou de outras obrigações) para caminhar todo o percurso, muitos preferem fazer a viagem em sua aposentadoria, quando a peregrinação e muito árdua para andar, por isso a maioria prefere carros, ônibus ou trens, permitindo-lhes completar o esforço ao longo de vários anos em fins de semana e feriados. De carro todo o percurso pode ser concluído em 10 dias. Estrangeiros aventureiros caminham por ele, mesmo que só possam levar um par de dias fora de sua programação e visitar alguns templos ao longo do percurso.
Um dos equívocos mais comuns por parte de estrangeiros sobre a peregrinação é que se deve caminhar. Para os japoneses, no entanto, isso realmente não importa como você vai fazê-lo, é mais importante o que você tire proveito com essa experiência. “Eu aprendi mais sobre a maneira japonesa de viver com suas duas religiões, budismo e xintoísmo”, diz Elly Jührend da Holanda que recentemente completou seu segundo passeio na peregrinação. “As lições que ouvi de vários monges e sacerdotes durante a minha peregrinação me fez tomar consciência e entender que nós,somos capazes de atingir a iluminação nesta vida.”http://www.davidmoreton.com/Shikoku-Pilgrimage-Route.php

Esse post foi publicado em Impressoes do Japão. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s