Mayday e Pan-Pan

distress-340x212Este é um trecho do The Wise Book of Whys :Descobri porque aqueles que estão a bordo de aviões e navios usam a palavra ” Mayday ” para indicar que eles estão em perigo extremo.

Em 1923, um oficial de rádio sênior , Frederick Stanley Mockford , funcionário do aeroporto de Croydon , em Londres, Inglaterra, foi convidado a pensar em uma palavra que fosse de fácil compreensão para todos os pilotos e pessoal de terra em caso de uma emergência.

O problema havia surgido quando a comunicação via rádio  lentamente se tornou mais comum , portanto, um equivalente ao sinal de socorro S.O.S do código Morse era necessário. Obviamente, uma palavra como “ajuda” não seria uma boa escolha para falar em inglês , porque ela poderia ser usada em conversas normais, onde ninguém estivesse realmente em perigo.

Na época,quando Mockford  analisava o pedido, a maior parte do tráfego que ele estava controlando era entre entre Croydon e o Aeroporto Le Bourget , em Paris, França . Com ambos os idiomas francês e inglês em mente, ele pensou na palavra  ” Mayday ” , a grafia aportuguesada da pronúncia francesa da palavra  m’aider” (venez m’aider” que significa “venha me ajudar”)  .

Quatro anos depois, em 1927, a Convenção Internacional de radiotelegrafia de Washington fez ” Mayday ” a chamada de socorro oficial usada apenas para comunicar o nível mais grave de perigo , tais como as emergências com risco de vida .

Ao utilizar Mayday em uma chamada de socorro , é tradicional  repeti-lo três vezes seguidas : ” Mayday , Mayday , Mayday ” . Isto é para ter certeza que é facilmente distinguível de uma mensagem sobre um pedido de socorro e de quaisquer frases que soem similares em condições de muito ruído .

Tsunami DebrisEm situações em que um navio requeira assistência , não de perigo grave e iminente, uma chamada de socorro  ” pan- pan ” pode ser usado em seu lugar. Essencialmente, isso significa que você precisa de ajuda , mas  não precisa de pessoal de apoio para largar imediatamente o que estão fazendo naquele instante e vir ajudá-lo , como acontece com um pedido de socorro .

Como Mayday , pan- pan é a grafia aportuguesada de uma palavra francesa , neste caso, ” Panne ” , que significa ”  falha /  quebrado ” . Além disso, como  Mayday , deve usa-lo três vezes consecutivas : ” pan- pan ,pan-pan, pan- pan ” , seguido pela qual estação (s)  você está se dirigindo,prefixo, sua última localização conhecida , a natureza da sua emergência , etc

Se não houver resposta a um pedido de Mayday ou Pan- Pan pela Guarda Costeira ou outra agência de emergência  e varios minutos se passaram desde que o último chamado foi feito, outra fonte de rádio , como outro navio ou avião que tenha recebido a chamada , transmite o seu próprio pedido de socorro , mas em nome do navio ou avião que  fez a chamada primeiro , repetindo as informações pertinentes ouvidas quando receberam a mensagem de Socorro.Aviões da Vasp ajudavam pequenos aviões do Garimpo usando a capacidade de retransmissão de longa distancia e ate mesmo descendo do Nivel de Cruzeiro para orientar, salvar vidas e   ate fornecendo informações meteorológicas.

Esse post foi publicado em Historias da Aviação, VASP. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s