Planador Espacial

DF363FBADF4568A2EE8A32E2E768E_h400_w598_m2_q90_cAZmLsiuBO Projeto Perlan é um projeto de pesquisa para estudar as condições atmosféricas utilizando planadores projetados para voar em altitudes extremamente elevadas.

Perlan Missão I
PERLAN_1_FLIGHT-310x289 Em 30 agosto de 2006 Steve Fossett (piloto) e Einar Enevoldson (co-piloto), pilotaram um avião DG-505m Flugzeugbau  modificado (Perlan 1),e se tornaram os primeiros pilotos a subir para 50.671 pés (15.460 m), em uma aeronave sem motor (planador ), quebrando o recorde anterior em 1.662 pés (507 m).

Perlan Missão  II
Em 2015 a missão  pretende estabelecer novos recordes de altitude, voando um planador pressurizado purpose-built de alto desempenho (o perlan 2) voando numa altitude maior do que qualquer outra aeronave da sua classe tenha ido . Sobrevoara através de ondas de montanha estratosféricas , o vórtice polar e assim colhera dados inestimáveis ​​ sobre a atmosfera da Terra e sua camada de ozônio.

Ele voará próximo ao vácuo total,  com a densidade do ar,  menor do que 2% daquela existente ao nível do mar . Devera ser extremamente forte e leve como uma nave espacial , mas extremamente rígida para evitar vibração . Voando na borda do espaço, o Perlan II deve ter os sistemas de apoio à confiabilidade e vida útil de uma nave espacial . A combinação de ar muito rarefeito e extremamente baixas temperaturas , semelhantes ao ambiente que seria encontrado para voar em Marte. Em  densidade do ar tão  baixa, o planador deve voar a velocidades transônicas para criar sustentação suficiente para sustentar o vôo . A estas velocidades ondas de choque podem se formar e a separação de fluxo pode arruinar o desempenho. O Perlan 2 exigira um design aerodinâmico novo e altamente eficiente.

Comecei com um Grunau quadrado de madeira,brigando na decolagem com o retardo excessivo nos controles de voo e quando chegou um Blanik com bateria para HSI e Fonia,achei que o desenvolvimento e a tecnologia já tinha dado um grande salto.

Voar Urupema  nas Ondas Estacionarias da Serra do Mar próximo a São Jose dos Campos levando garrafa de oxigênio foi um sonho de poucos …

Esse post foi publicado em Historias da Aviação, Notícias e Política. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s