A Crise na Unidade 4 de Fukushima Exige uma Atitude Global

    por Harvey Wasserman

usina4Estamos agora dentro de dois meses o que pode ser momento mais perigoso da humanidade desde a Crise dos Misseis Russos em Cuba .
Não há desculpa para não agir . Todos os recursos de nossa espécie humana,devem se unir e  ser focados na piscina de combustível em Fukushima .
Proprietário de Fukushima, Tokyo Electric ( Tepco ) , diz que, dentro de apenas 60 dias, pode começar a tentar remover mais de 1.300 barras de combustível irradiado a partir de um piscina danificada, empoleirada a 33 mts no ar. A piscina repousa sobre um edifício danificado que está se inclinando , naufrágando e pode facilmente cair no próximo terremoto, se não for por conta própria.
Cerca de 400 toneladas de combustível da piscina pode lançar mais de 15 mil vezes a radiação daquela que foi lançado em Hiroshima.
A única coisa certa sobre esta crise é que a Tepco não tem os cientistas , engenharia ou recursos financeiros para lidar com isso. Nem o governo japonês . A situação exige um esforço mundial coordenado dos melhores cientistas e engenheiros,que nossa espécie pode reunir.
Por isso é tão sério?
Nós já sabemos que milhares de toneladas de água altamente contaminada estão derramando através de Fukushima , transportando  isótopos venenosas de longa duração no Pacífico. Atuns irradiados com precipitação rastreável de Fukushima já foram capturados na costa da Califórnia. Podemos esperar muito pior .
A Tepco continua a derramar mais água no local aproximado de três núcleos de reatores que derreteram e devem de alguma forma serem resfriados . Sinais de vapor indicam fissão que ainda pode estar acontecendo em algum local subterrâneo. Mas ninguém sabe exatamente onde os núcleos estão realmente.
Muita  água irradiada coletada, agora está em cerca de mil tanques enormes , mas frágeis que foram rapidamente montados e espalhados por todo o local. Muitos já estão vazando. Tudo poderia rachar no próximo terremoto , liberando milhares de toneladas de veneno radioativo permanentemente no Pacífico. (Nota: um relativamente pequeno terremoto atingiu Fukushima na quinta-feira , uma indicação da ocorrência inevitável de maiores tremores futuros na área. )
A água que flui através de rachaduras também está minando as estruturas remanescentes em Fukushima, incluindo o apoio da piscina de combustível na Unidade Quatro.
Mais de 6.000 conjuntos de combustível estão  assentados em uma piscina comum a apenas a 50 metros da Unidade Quatro . Alguns contêm plutônio. A piscina não  tem nenhuma contenção sobre ela. É vulnerável à perda de líquido refrigerante, o colapso de um prédio vizinho , outro terremoto, tsunami e outros mais.
No geral, mais de 11 mil conjuntos de combustível estão espalhados ao redor do local de Fukushima . Segundo o especialista veterano e ex- funcionário do Departamento de Energia, Robert Alvarez,  há  85 vezes mais césio letal no local do que foi liberado em Chernobyl.
Hot spots radioativos continuam a ser encontrados ao redor do Japão . Há indícios de taxas elevadas de danos a tireóide entre as crianças locais.
A linha de ação  imediata é que essas barras de combustível deve sair de alguma forma segura para fora do conjunto da unidade  quatro  o mais rapidamente possível .
Pouco antes do terremoto de 2011 e tsunami que abalou  Fukushima, o núcleo da Unidade Quatro tinha sido removida para manutenção e reabastecimento. Como algumas das duas dezenas de reatores nos EUA e muitos mais em todo o mundo , a piscina  concebida pela General Electric em que esse núcleo se assenta  fica a 100 fts no ar .
Combustível irradiado deve de alguma forma ser mantida sob a água. É revestido em liga de zircônio que irá inflamar -se espontaneamente quando exposto ao ar . Muito utilizado em lâmpadas de flash para câmeras , queima de zircônio tem uma chama quente extremamente brilhante.
Cada haste descoberta emite radiação suficiente para matar alguém que esta por perto em questão de minutos. A conflagração poderia forçar todas as pessoas a fugirem do local e deixar máquinas eletrônicas imprestaveis.
De acordo com Arnie Gundersen , engenheiro nuclear com 40 anos de experiencia em uma indústria para a qual ele já fabricou barras de combustível , aqueles do núcleo da Unidade 4 estão dobrados, danificados e fragilizados a ponto de ruir. Câmeras mostraram quantidades preocupantes de detritos na piscina de combustível,  que está danificada.
A engenharia e barreiras cientificas para esvaziar a piscina de Combustível da Unidade Quatro  são únicos e assustadores , diz Gundersen . Mas isso tem e deve ser feito com 100% de perfeição.
Se a tentativa falhar , as hastes podem ser expostas ao ar e pegar fogo , liberando quantidades enormes de radiação para a atmosfera. A piscina poderia vir a cair no chão , jogando as hastes juntas em uma pilha que poderia iniciar a fissão e possivelmente explodir. A nuvem radioativa resultante  ameaçariam a segurança e a saúde de todos nós.
Em 1986,a precipitação de Chernobyl chegou a Califórnia dentro de dez dias . De Fukushima em 2011, chegou em menos de uma semana. Um novo incêndio de combustível na Unidade 4 derramaria um fluxo contínuo de venenos radioativos letais durante séculos.
O ex- embaixador Mitsuhei Murata diz que derramamentos em grande escala a partir de Fukushima ” iriam destruir o ambiente  mundial e da nossa civilização. Isso não é ciência de foguetes, nem sobre o debate pugilisticos  sobre usinas nucleares. Esta é uma questão de sobrevivência humana. ”
Nem a Tokyo Electric nem o governo do Japão podem fazer isso sozinho. Não há desculpa para a implantação de nada menos do que uma equipe coordenada dos melhores cientistas e engenheiros do planeta.
Temos dois meses ou menos para agir.
Por enquanto , estamos pedindo às Nações Unidas e ao presidente Obama para mobilizar a comunidade científica mundial e de engenharia para assumir o comando em Fukushima e o trabalho de remover essas barras de combustível em segurança.
Se você tem uma idéia melhor , por favor, diga . Mas faça alguma coisa e faça-o agora .
O relógio está correndo . A mão de um desastre nuclear global está dolorosamente perto de meia-noite.

fukushima_4P.S-A possibilidade de Fissão Nuclear e pequena e os trabalhos serão cuidadosos e muito criteriosos.O longo cronograma de trabalho e prazos estipulados visam a queda do risco de contaminação, mas também são necessários  que se desenvolvam tecnologias que permitam trabalhos em ambientes radioativos, com materiais que aguentem os altos níveis de elementos liberados após o acidente,o que deve levar 40 anos,ou seja meados de 2051.A piscina do reator 4 contém 1.533 pacotes de combustível, que a empresa espera retirar até o fim de 2014.usina

Esse post foi publicado em Impressoes do Japão. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para A Crise na Unidade 4 de Fukushima Exige uma Atitude Global

  1. Perfectly pent written content, appreciate it for selective information. “The bravest thing you can do when you are not brave is to profess courage and act accordingly.” by Corra Harris.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s