DC-3,Desbravador do Norte/Nordeste

dc3umareliquiadavaspO avião de passageiros modelo DC-3, fabricado pela Douglas Aircraft Company há mais de 78 anos, foi originalmente projetado e construído como avião de carga (C-47), destinado aos transportes de materiais, equipamentos e tropas durante a 2ª Grande Guerra.

Assim que terminou a II Guerra Mundial, a VASP encomendou à fábrica norte-americana Mc Donnell Douglas (hoje absorvida pela Boeing), novos aviões Douglas DC-3. Apesar da guerra, a VASP havia se planejado. Eram aeronaves extremamente resistentes e muito testadas durante a segunda guerra mundial, expandindo suas rotas, então para o norte e nordeste do país. Aos poucos os valiosos Junker JU-52 foram sendo substituídos pelos DC-3, chegando a VASP em determinado período a possuir 27 dessas aeronaves.

Permaneceram em serviço até 1972. Em 1974, a VASP fez doação ao Projeto  Rondon de sete aviões já desativados que ainda voaram durante  vários anos.

historiaaviao5Em 1980, o Projeto Rondon doou à Fundação um DC-3, registro PT-KUB,  que foi totalmente restaurado pela Aeronáutica. Para equipá-lo  foram utilizados peças e componentes de 3 outras aeronaves, que se encontravam no Campo dos Afonsos, no Rio de Janeiro.Um antigo Cte da Vasp  me explicou como era alguns treinamentos de uso do ADF em condições meteorológicas marginais,  usando Mínimo Auditivo,Embandeirar e Desembandeirar subindo e descendo em curvas cronometradas de 500 fts,etc.Aviação de Pau e Bola,com pernoites em Conventos,Hospedarias e sem horas limites de trabalho.

Ficha  Técnica:

Modelo:   Douglas C-47 B-45 (DC-3)

Número de construção: 34285, USAAF 45-1018

Fabricação: Douglas Aircraft Company, Santa Monica, Califórnia, EUA

Data de Aquisição: janeiro de 1946, com o nome de “Caparaó”  – prefixo PP-SPO

Doação  para a Fundação Projeto Rondon: 02 de julho de 1974

Doação para a Fundação Museu da Tecnologia: 1980 já com o prefixo PT-KUB

Dimensões:  Altura:  4,50 m                   Largura: 8 m                   Comprimento: 19,7 m                   Diâmetro: 2,50 m                   Envergadura: 29 m

Peso:  7.350  Kg (vazio)  /   12.200Kg (peso máximo)

Descrição:   Monoplano de asa baixa, em alumínio, equipado com dois motores  Pratt & Whitney “Twin Wasp” R-1830-92, 14 Cil. Radiais, de 1.200 hp a 2.700 rpm, capacidade dos tanques de combustível  2.264 L – óleo lubrificante 150 L; hélices Hamilton Standard, hidromáticas, tipo 23 e 50 de 3 pás; piloto automático “Sperry  Gyroscope”. Possui capacidade para 28 passageiros e 4 tripulantes, autonomia de vôo de 8 horas, teto operacional de 3.000 m velocidade de cruzeiro de 270 / 298 Km/h, velocidade máxima em vôo nivelado de 330 / 370 kph e 1.900km de alcance normal (equivalente à distância aproximada entre São Paulo e Maceió. Uma viagem São Paulo-Rio era feita em 2 horas e meia, por exemplo).

h0058l1A Ponte Aerea via Santos.

h0058l3Dados  Históricos do DC-3:

Primeiro vôo: 17 de dezembro de 1935

Primeiro vôo comercial: 8 de agosto de 1936 (American Airlines)

Quantidade  fabricada:
10.048 construído em Santa Monica e Long Beach, Califórnia, em ambas as versões civis e militares. 4.937 construído sob licença na Rússia como  Lisunov-2. 487 construído no Japão como Showa/Nakajima Tipo L2D transporte 0.

Variantes:  Versões militares: C-47, A, B, C –  Skytrain: C-48, C-49,  C-50, C-52, C-53    Skytrooper: R4D-4, R4D-5, R4D-6.Versões para marinha, EUA: YC-47.

1950-viaje-vasp-postal-delcampe-cc3b3piaEmpresas  brasileiras que empregaram o DC-3: Aerovias Brasil, Correio Aéreo Nacional, Cruzeiro do Sul, Nacional, Navegação Aérea Brasileira, Pannair do Brasil, Perdigão, Real,Sadia, Savag, Tac, Varig, Vasp.

228-42

Esse post foi publicado em Historias da Aviação, VASP. Bookmark o link permanente.

2 respostas para DC-3,Desbravador do Norte/Nordeste

  1. srs.; sou maquetista e fabrico maquetes de aviões comerciais grandes,novos e antigos.peço entrar no meu site walter-maquetes.webnode.com e qualquer informação no meu email walterassis@hotmail.com
    grato
    walter cardoso assis

  2. Ricardo Lange disse:

    Não foi projetado e construído como avião de carga não. Foi versão revista e ampliada do DC-2, à época um dos mais modernos aviões de passageiros e no início de sua carreira voava de costa a costa dos Estados Unidos, até com camas.. Com a entrada dos Estados Unidos na guerra foi convertido para avião militar (C-47) de passageiros e/ou carga. Terminada a guerra sobraram milhares de exemplares que foram vendidos a preço de sucata. Essas aeronaves, compradas por aviadores empreendedores deram origem à generalização do transporte aéreo como conhecemos hoje. Evidentemente, companhias então existentes, compraram também.
    Até onde sei a quase totalidade dos DC-3 que aqui chegaram após a guerra tiveram essa origem, não sendo novos, mas convertidos para uso comercial

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s