Cerimônia do Sadō

tumblr_llgrwbzQ9v1qi5ncjtumblr_llgvkctVRN1qi5ncj

Ichi-go Ichi-e (literalmente “uma vez, um encontro”) é um termo japonês que descreve um conceito cultural frequentemente associado com o famoso mestre de chá Sen no Rikyu. O termo é freqüentemente traduzido como “apenas para este momento”, “nunca mais”, ou “uma chance na vida.”

Gosto de pensar nele como: “Valorize cada encontro, porque isso nunca vai acontecer novamente da mesma maneira.”

tumblr_llgv31cXvw1qi5ncjIchi-go Ichi-e está relacionada com o Zen Budismo e conceitos de transitoriedade.

O termo é particularmente associado com a cerimônia do chá japonesa(Sadō),  muitas vezes estão escritos nos pergaminhos  pendurados na sala de chá. No contexto da cerimônia ,  lembra aos participantes que cada reunião  é única.

Utensils

chasenChasen (茶筅 ): tea-whisks are carved from a single piece of bamboo. hishakuHishaku (柄杓 ladle): long bamboo ladle with a nodule in the center of the handle. It is used to transfer hot water from the iron pot (kama) to the chawan when making tea. chawanChawan (茶碗 tea bowl): available in a wide range of sizes and styles, and different styles are used for thick and thin tea. Shallow bowls, which allow the tea to cool rapidly, are used in summer; deep bowls are used in winter to keep the green-tea hot for longer time. chashakuChashaku (茶杓 tea scoop): carved from a single piece of bamboo or ivory. It is an important utensil to get the matcha proportions correct.
chanoyugamaChanoyugama (茶の湯釜 iron pot or kettle): used to heat water to prepare the tea. The kama is made of iron or copper. furoFuro (風炉 portable brazier): used in the spring and summer seasons. They have a variety of shapes, and the earliest ones were made of bronze but later iron and clay braziers became common. dashibukusaDashibukusa (出帛紗 silk cloth): carried by the host and the guests; sometimes used by guests to protect the tea implements whilst examining them. futa-okiFuta-oki (蓋置 lit and ladle rest): bamboo, ceramic or metal stand for the kettle’s lid, supporting the dipper end of the hishaku.

O termo também é repetido no Budo (artes marciais). Às vezes é usado para advertir os alunos que se tornam descuidados ou freqüentemente param no meio do caminho e “tentam de novo”, ao invés de seguir em frente com a técnica, apesar do erro. Em uma luta de vida ou morte, não há nenhuma chance de “tentar de novo.” Mesmo que técnicas possam ser tentadas várias vezes no dojo, cada uma deve ser vista como um evento singular e decisivo.

Da mesma forma, no teatro Noh, performances são ensaiados juntos apenas uma vez, poucos dias antes do show, ao invés das muitas vezes que são típicas no Ocidente, correspondente à transitoriedade de um determinado show.

Japan Portal

Esse post foi publicado em Impressoes do Japão. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s