O Relogio que virou Karakuri

image Na Era Edo os japoneses ficaram fascinados com as “mágicos” movimentos dos Karakuri Dolls. O termo foi usado em engenharia mecânica no período Edo (1603-1868) para descrever os estranhos movimentos que faziam. Dizem ser uma variante do kairai -palavra que se refere a uma marionete, e denota uma pessoa que age como solicitados por outros. Com a  chegada de relógios através de navios comerciais Portugueses, Konoe Takeda, um mestre relojoeiro, , ficou fascinado por este mecanismo que funcionava automaticamente e tomou para si a tarefa de descobrir como eram internamente. Uma vez decodificado o funcionamento interno do relógio ele adaptou a tecnologia para uso como entretenimento na forma de bonecos animados usados ​​em um drama chamado ningyo-johruri. O passo seguinte foi a criação do boneco karakuri, o primeiro dos quais foi concebido para servir chá. “Colocando a xícara de chá na bandeja fazia mover o boneco, e ele pára quando a xícara  é retirada. Se o copo for reposto, ele retorna para sua posição original.” Bonecos Karakuri foram os primeiros autômatos do Japão e são os ancestrais dos robôs de hoje. Desde que foi publicado pela primeira vez em 1798, o Karakuri-zui (compilação Ilustrada da arte do Mecanismo) por Hosokawa Hanzo Yorinao, lançou as bases para o Ningyo Chahakobi (robô humanóide), criado pelo professor Shoji Tatsukawa de Waseda Univertisty, e o Aibo da Sony, um cachorro robótico que pretendia ser um substituto de animais de estimacao . De longe, o uso mais prático de  tecnologia mecânica foi a criação dos robôs que utilizaram a combinação de molas e engrenagens dos  primeiros bonecos Karakuri. Robôs soldadores foram pioneiros  na linha de montagem da Toyota por seu fundador, Sakichi Toyoda, um mestre Karakuri. Estes antigos robôs mecânicos são ecologicamente corretos,  não utilizam combustíveis fósseis ou eletricidade, e criaram um conceito, que aceleram muitas linhas de montagem modernas ate hoje .Sao vistos em varios lugares,como no Castelo de Okazaki,Aquario de Nagoya,Festivais de Inuyama,etc.

Esse post foi publicado em Impressoes do Japão. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s