Boeing 737 – world’s most popular commercial jetliner

O Post numero 737  coincide com uma marca historica..
Ele começou a ser fabricado em 1965 e ganhou novos modelos ao longo do tempo (-100, -200, -200C, -200Adv, -300, -400, -500, -600, -700, -800, -900, -900ER). Contando a “família” toda, ele tornou-se um dos jatos comerciais de passageiros mais vendidos da história da aviação. Eis o Boeing 737.Suas partes são fabricadas em diferentes lugares do mundo. Por exemplo, a fuselagem –o corpo do avião– é produzido pela Spirit AeroSystems, na cidade de Wichita, no Kansas (EUA). Já o núcleo do motor é fabricado pela CFM, em Ohio (EUA), ou pela Snecma, na França.As diferentes partes que compõem o 737 se encontram em Renton, no Estado norte-americano de Washington, onde a Boeing tem uma fábrica com quase 70 mil metros quadrados. Ali acontece a montagem final de cada aeronave. Esse “jogo de encaixar” leva aproximadamente nove dias
.
By Dawsalee GriffinMarian Lockhart/Boeing

The 737 program has reached another historic milestone – more than 10,000 orders since the program began in 1967. A United Airlines order for 150  737 airplanes boosted the count total to the record number.

The 737 is the only commercial jetliner ever to reach this order milestone.

“The 10,000th order is so important for our employees because it demonstrates what their innovation can do over the life of a program,” said Beverly Wyse, 737 vice president and general manager.

“I’ve been here through 7 models, from the -200s all the way up to the current model,” said Thomas Hadley, 737 Interiors manager. “Amazing. Simply amazing. I had no idea that it would ever reach to that point.”

United’s order included 100 737 MAX airplanes. The MAX, currently in development, is the future of the 737 program.

For Boeing and its heritage companies, the last airplanes to have over 10,000 orders were during World War II. With this milestone the 737 joins a very elite group of airplanes that includes the legendary B-17 Flying Fortress and P-51 Mustang.

Esse post foi publicado em Historias da Aviação. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s