Volta ao Mundo Sem ser Milionario

Funcionarios de Empresas Aereas filiadas a Iata,tinham direito a 1 passagem nacional e a 1 internacional por ano,com tarifas de ate 90% de desconto,durante as ferias.Daria para ser como Phileas Fogg.A confraternizacao com os Comandantes da Aerolineas Argentinas que efetuaram treinamento inicial no simulador do Boeing 737-200 da Vasp em Congonhas, rendeu a alguns colegas,por exemplo, poder jantar costumeiramente em Buenos Aires e voltar de manha,ate ir a Australia com o endosso dos Comandantes que podiam autorizar o embarque.Mais uma opcao seria ser Courier ,levando encomendas internacionais,mas com destino imprevisivel.

Uma opcao de consulta no Japao e o Sekai1.co.jp que oferece passagens entre 335.000 yenes/369.600 durante 1 ano.

Direto do Japao
Recém-casados, os japoneses Michihiro e Chizuru Toyoizumi, ambos de 26 anos, decidiram sair da rotina. Ele trabalhava com vendas de software e ela era editora de uma revista de casamentos. Após o tsunami de março de 2011, passaram a se preocupar com questões ambientais, especialmente a agricultura. E decidiram que este seria o tema de sua volta ao mundo.

A viagem de oito meses terminou em abril, depois de percorrer 19 países – incluindo o Brasil – com passagens da Star Alliance, que custaram cerca de US$ 7 mil cada. “Senti pouca flexibilidade, não dava para adaptar o roteiro durante a viagem. E caras, agora vejo que valia mais a pena fazer voos curtos em low cost”, diz Michihiro.

O casal saiu de Saitama, nos arredores de Tóquio, para conhecer iniciativas de cultivo orgânico e sustentável pelo mundo. “Queria aprender sobre danos ao solo e também como funciona a cadeia produtiva de comida no mundo”, conta.

Felipe Mortara

Jogar tudo para o alto e partir para uma daquelas jornadas à la Júlio Verne pode não ser um sonho tão distante. Oitenta dias, logicamente, são pouco para uma viagem de volta ao mundo. Mas com planejamento e organização é possível tirar aquele sonhado ano sabático.

Há muitas maneiras de fazer sua viagem, como você vai ver nos depoimentos abaixo. A mais simples é comprar uma passagem de volta ao mundo nos sites das alianças de companhias aéreas – o que, ainda assim, exige dedicação para conciliar suas vontades e as regras dos bilhetes. Só é permitido, por exemplo, voar em uma direção, sem ziguezaguear, e as passagens têm duração máxima de um ano. No entanto, considere que, no trajeto, tudo pode mudar. E é aí que está a graça.

Star Alliance. As 27 empresas da Star Alliance oferecem voos para mais de 1.356 aeroportos em 193 países. No staralliance.com há um software que permite planejar a viagem aos poucos – dá para salvar o itinerário e continuar mais tarde. A tarifa é calculada de acordo com as milhas percorridas, que variam de 26 mil a 39 mil, com paradas em até 15 destinos.

Existem vários tipos de tarifas. Na classe econômica, há uma normal e uma especial, que permite apenas cinco escalas. Após escolher seus destinos, o site calcula o orçamento. Por exemplo: o roteiro saindo de São Paulo passando por São Francisco, Honolulu, Tóquio, Mumbai, Turquia e Paris custa R$ 9.892.

Oneworld. Operando em mais de 800 destinos em 130 países, a Oneworld oferece duas opções para volta ao mundo: por número de continentes ou por milhas. São dez aéreas associadas – no oneworld.com o viajante encontra exemplos de itinerários e pode calcular o preço da passagem. A opção mais em conta, para uma viagem por quatro continentes, custa US$ 5.209. Já no sistema por milhas, o menor preço, para um bilhete de 29 mil milhas, é de US$ 5.546.

Sky Team. Com 983 destinos em 178 países, a Sky Team oferece o programa Go Round The World (bem similar ao da Star Alliance) e permite de 3 a 15 paradas num período que deve variar de 10 dias a um ano de viagem. Como diferencial, o programa permite sair da obrigação de voar sempre na mesma direção. O ponto negativo é que é preciso esperar uma cotação por e-mail, que pode demorar até três dias.

Esse post foi publicado em Historias da Aviação, VASP. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s