A ultima aventura Ferroviaria começa no Mar do Japão

A Ferrovia Trans-Siberian percorre  5.771 milhas ou 9.288 km de Moscou ao Mar do Japão, através de um conjunto de montanhas, vales, rios e bosques  durante 1 semana de viagem.Com opções  de Tours que incluem a Mongolia,Korea e a China,com paradas diferentes nos varios percursos possiveis.

voce pode iniciar a viagem pelo Japão num Ferry Boat saindo do Porto de Osaka, Fushiki ou Sakaiminato,principais entrepostos comerciais entre os 2 paises .

O trem passa por Omsk, Krasnoyarsk, Irkutsk e, em seguida, contorna o Lago Baikal, vai ao longo do lado norte do rio Amur e passa Vladivostok, principal porto do Extremo Oriente russo.

Os trilhos atravessam grandes rios, como os Irtysh, Ob, Yenisey, Bureya, Amur, Ussuri. A maior ponte mede mais de 2 km no rio Amur Khabarovsk . A estrada liga as partes européias e asiáticas da Rússia (1777 km é a Europa e 7511 é a Ásia). Estende-se por 8 fusos horários.

Hoje em dia, Trans-Siberian Railway é o caminho ferroviario mais longo  no mundo e está registrado no Guinness Book of World Records.

História da Trans-Siberian Railway

A Rússia, entrou na regiao em 1860. Trinta soldados do batalhão da Sibéria Oriental desembarcaram na costa para fundar um posto militar. Era chamado de Vladivostok, esse nome significa “Dono do Oriente”. Vladivostok foi levado a categoria de cidade em 1880 e tornou-se o principal porto russo na costa do Oceano Pacífico. Foi muito importante para  conectar a parte europeia da Rússia com as suas possessões orientais.Em 1891, o imperador Alexandre III decidiu iniciar a construção da Ferrovia Trans-Siberian .Durante a sua viagem a volta ao mundo,o herdeiro do trono, Nikolai (futuro imperador Nikolai II) participou da cerimônia do lançamento da ferrovia em Vladivostok e colocaram a primeira pedra e uma placa de prata no solo. A construção foi a partir de dois pontos de uma só vez – de Chelyabinsk e de Vladivostok.Alexandre III morreu três anos mais tarde, e seu filho Nikolai II continuou a construção da ferrovia.A construção da ferrovia foi realizada em condições climáticas adversas. A maior parte da ferrovia foi construída através de áreas pouco povoadas na taiga intransitável. A estrada passa em muitos rios longos e com correntezas fortes, lagos, pântanos e áreas de permafrost em seu caminho. O maior obstáculo era o Baikal. Aqui construtores tiveram que dinamitar pedras, para fazer túneis, construir estruturas adicionais sobre os rios que desaguavam no Baikal. A necessidade de trabalhadores levou a contratação de trabalhadores no centro do pais e transportá-los para a Sibéria. Muitos construtores eram camponeses. Trabalhadores comuns foram presos e soldados.A construção da Ferrovia Trans-Siberian foi concluída em 1905. Após a guerra Russo-Japonesa (1905-1906), foi decidido fazer uma estrada melhor que não  dera suporte logistico as tropas,sem mantimentos e munição  que dependiam de um ramal unico transportando feridos e soldados em transito . Os trilhos foram alterados ,de madeira para as de metal. A ponte sobre o rio Amur Khabarovsk foi construído. Durante a Guerra Civil (1918-1922) muitas pontes foram queimadas e destruídas.

Esse post foi publicado em Impressoes do Japão. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s