Comida Fake-So com os Olhos

A unica coisa falsa permitida aqui, esta na vitrine de todos os restaurantes ,supermercados e lanchonetes.O negócio de copias de alimentos  teve o seu início no Japão em 1917, quando os primeiros modelos eram feitos de cera. Cerca de seis anos mais tarde, um restaurante em Tóquio exibiu alimentos artificiais para mostrar aos clientes o que eles tinham para oferecer e o restaurante teve um grande aumento na receita. Alimentos falsificados em exposição significaram mais lucros e isso ainda hoje é verdade .

 Ela acaba com a adivinhação e a necessidade de usar  sua imaginação ao olhar para um menu. Além de parecer apetitoso, a réplica de alimentos mostra exatamente o que você vai ter em termos de tamanho e cor, e garante ao cliente a sua qualidade. Se a sua comida não parecer tão boa quanto sua amostra na vitrine,  o cozinheiro  tentara novamente,se voce pedir.   A indústria de alimentos- réplica se expandiu quando um de seus pioneiros, Ryuzo Iwasaki, começou a vender suas criações em Osaka em 1932. Após alcançar o sucesso inicial na cidade grande, ele retornou para sua cidade natal na Província de Gifu e estabeleceu o que viria a se tornar um império de alimentos artificiais,em sua fábrica de Gujo Hachiman,que agora concentra um polo de  10 fabricas concorrentes. A história da indústria de alimentos falsificados nasceu dos impulsos criativos de Iwasaki, depois que ele  viu modelos de cera anatômicas do corpo humano. Depois pingou cera de vela em um tatame, dando-lhe a inspiração para criar uma omelete com arroz de cera. A omelete com ketchup que ele fez  em 1932 está em exposição na sua fábrica de Gujo e parece tão limpo, brilhante e saboroso como se tivesse sido feito ontem.

Todo ano,as fabricas competem ,qual delas faz a melhor ou mais interessante reproducao.A do  Oyadi Medama foi uma das concorrentes,junto com um Godzilla de tempura.Nada estranho, ja que japoneses comem olho de Maguro.Esse e real,mas nem penso em experimentar…

Me lembra o olho de Boto seco que vendem no Mercado Ver-o-Peso em Belem do Para.

O esmero no visual dos pratos comeca na infancia, nos bentos que as criancas levam para a escola e e uma tradicao enfeitar todos os pratos ,mesmo nas refeicoes caseiras diarias.Alem do sabor tem que ter um visual agradavel.

Esse post foi publicado em Impressoes do Japão. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s