O Kittyhawk do Saara

O caça monoposto foi descoberto por acaso pelo polonês Jakub,funcionario de uma industria petrolifera. Perka explorava uma região remota do deserto ocidental do Egito Foto: BNPS

Foi em 28 de junho de 1942, que o  sargento Copping e outro aviador foram incumbidos de voar duas Kittyhawk P-40 danificadas por artilharia anti-aerea,  de uma base aérea britânica no norte do Egito para  outra, para os reparos.

Durante o vôo  o sargento Copping perdeu seus instrumentos, saiu do curso  e se perdeu.

O P-40 Kittyhawk quase perfeitamente preservado é uma cápsula do tempo da aviação, que tem permanecido invisível e intocado desde que pousou no deserto do Saara em junho de 1942.

Acredita-se que o piloto sobreviveu ao acidente e, inicialmente, seu pára-quedas foi usado para o abrigo antes de fazer uma tentativa desesperada e inútil de alcançar a civilização andando para fora do deserto,depois de tentar comunicação  pelo radio,encontrado fora do avião .

A maioria dos seus instrumentos de cabine estão intactos e ainda tinha armas e munições antes de serem apreendidas pelos militares do Egito por motivos de segurança.

Não foram encontrados restos humanos , mas acredita-se que o corpo do piloto pode estar em algum lugar num raio de 20 milhas do avião.

O Museu da RAF em Hendon, norte de Londres, tomou conhecimento da descoberta e  planos estão em andamento para recuperar a aeronave e exibi-lo no futuro.Os historiadores estão pedindo ao governo britânico para intervir o mais cedo possível e ter a cena declarada como um túmulo de guerra para que possa ser protegido antes de o avião ser recuperado.

“Este avião foi deixado no mesmo lugar onde caiu há 70 anos. Não foi escondido ou enterrado na areia.”Depois que ele caiu lá ninguém iria buscá-lo”, não  havia operações  de resgastes na maioria dos casos,pelos riscos envolvidos.

Em 1942 ele foi membro do  Esquadrão  260 da RAF, uma unidade de caças com sede no Egito durante a campanha do Norte de África.

Em junho daquele ano, os Aliados estavam se afastando da “Raposa do Deserto” Marechal Rommel e suas forças blindadas alemãs.O Kittyhawk era um avião americano tambem utilizado pela RAF em sua campanha no deserto.

Esse post foi publicado em Historias da Aviação. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para O Kittyhawk do Saara

  1. Jorge Mattar disse:

    parece história de filme… incrível !!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s