As poderosas Turbinas e sua fragilidade

Quando uma turbina  perdeu uma parte da carenagem sem maiores consequencias e retornou para Natal esta semana,o tumulto a bordo foi um pouco exagerado,como da  vez que solicitei a um comissario verificar discretamente a extensão  de um vazamento de oleo que estava monitorando da cabine.Ele não  foi muito discreto e chamou a atenção  de alguns passageiros numa situação  que não  era  perigosa .

A preocupação  maior e quando ha  ingestao de passaros(Bird Strike),como aconteceu comigo numa decolagem em  Corumba com Quero-queros que tinham invadido a pista.As fabricantes de turbinas fazem um teste de impacto que chegam a impressionar pelo estrago de com uma ave de 5 libras de peso e a uma velocidade reduzida de 250 knots em media que seria usada na aproximação  final..Uma arremetida e como um tapa nas costas pelas milhares de libras de empuxo liberadas na potencia maxima.Alguns fabricantes de canopy usam galinhas no teste de resistencia.Um Canopy de um F-5 da FAB não  resistiu ao impacto de um urubu e o oficial aviador ficou bastante ferido.Por sorte era um dos biplaces de treinamento e outro piloto efetuou o pouso.

Esse post foi publicado em Historias da Aviação, VASP. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s