Yakumo Koizumi-O Americano das lendas da Era Meiji

Estas excursões  tem similares pelo mundo,mas aqui todas as pessoas sempre tem uma estoria fantastica para contar e acreditam nelas.

A organização sem fins lucrativos Matsue Turismo Kenkyukai,organiza excursões  a luz de lanternas,visitando cemiterios e templos que normalmente são  fechados a noite.   De acordo com o  líder da Ghost Tour, Bon Koizumi,bisneto do escritor , visitam vários locais de ônibus na zona leste de Shimane, onde as pessoas podem experimentar a sensação de temor diante da natureza ou em locais onde as lendas misteriosas aconteceram.   Os participantes ficam cientes do destino do passeio de seis horas, apenas depois da viagem começar.

 Koizumi, um professor e escritor ,  (nascido Lafcadio Hearn),  viveu em Matsue  no verão de 1890.   O grupo de estudo  também organiza um passeio a pé desde 2008, em que participantes visitam os locais que serviram como pano de fundo para Yakumo contar historias de fantasmas, como a do castelo Matsue.

Segundo a lenda, quando  estava sendo construída há quase 400 anos, um Festival de Bon Odori  foi realizado na praça Ninomaru no castelo numa noite de verão, quando a torre principal estava quase pronta. Uma jovem chamada Otsuru desapareceu naquela noite, e dizem de que ela fez um sacrifício humano em prol da construção do castelo.No  ano seguinte no Bon Festival, o castelo principal  começou a tremer por conta própria ao ritmo de um tambor taiko.   “As pessoas começaram a dizer que o tremor do castelo foi devido ao desejo de Otsuru dançar na festa . Desde então, o líder do clã baniu Festivais do OBon dentro do seu domínio”, Najima continuou. “Bon Odori ainda não são realizadas ao redor do castelo – ninguém se atreve, porque é assustador.”

Segue  para Gesshoji,um templo a oeste do castelo, depois de visitar vários sites, incluindo Jozan Inari Shrine, o lar de 2.000 estátuas de pedra , que Yakumo frequentemente visitava. No templo, uma gigantesca tartaruga de pedra . Com mais de cinco metros de comprimento, e seus longos dedos humanóides na penumbra,da para  sentir como se a tartaruga estivesse prestes a se mover como a da lenda abordada por Yakumo.

Esse post foi publicado em Impressoes do Japão. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s