Panta Rei- Tudo Flui

Compartilhando a arte e o ensinamento ao desapego dos budistas.

vive em nagoya,um  brasileiro mineiro que era cirurgiao-dentista e hoje e monge, vivendo pelas ruas,onde o encontro em alguns eventos, com uma cuia onde recolhe doacoes de transeuntes e  usam tambem como prato das refeicoes.

Tal qual um dos trabalhos impressionantes dos monges budistas que fazem as mandalas de sal colorido…

  • … feitas com o maior cuidado e com a maior dedicação, elas são desmanchadas logo depois de prontas para demonstrar a transitoriedade das coisas na vida, mesmo que elas exijam o maior esforço. 

Assim é que nós devemos encarar o dia-a-dia. 

  • Sempre prontos para começar tudo de novo, se preciso for.
  • Perca o referencial de vez em quando.
  • Saia de sua zona de conforto.
  • Dê oportunidade ao imprevisível.
  • Nada é mais certo do que a incerteza.
  • As coisas têm o valor que nós damos a elas…

Heraclito de Efeso usava como metáfora filosófica  a ideia de pisar num rio,que um milésimo de segundo depois de pisado, já não era mais feito da mesma água.

terminou enterrado num monte  de estrume.so ficaram seus ensinamentos..

Esse post foi publicado em Impressoes do Japão. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s