Muito longe de casa

Um pequeno bote registrado na Prefeitura de Fukushima foi encontrado a 3.000 km do Japão , proximo aos Atois de Midway por um grupo de pesquisadores da International Pacific Research Center da Universidade Manoa do Hawai.

Muito destroço vai continuar apareçendo por anos e oferecer riscos a navegação  maritima.

Outro risco que ainda não  se sabe como vai afetar a vida maritima na regiao e o plancton coletado pelo professor Takashi Ishimaru em Iwaki que apresentou 669 becquerels por kg.

O plancton e o inicio da cadeia alimentar e tem apresentado um grande poder de absorção  dos materiais radiativos que foram despejados de Fukushima Daiichi  no mar para poder efetuar a limpeza da usina.

Esse post foi publicado em Impressoes do Japão. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s