A Desilusão com Tokyo

De Nagoya o  Shinkansen Hikkari leva so 1h e 40 min.  para chegar em Tokyo e entrar em uma cidade que perdeu o encanto para os turistas,com a ameaça da radiação  na agua da cidade onde foi detectado traços de Iodo Radioativo ontem e não  deve ser dada as crianças agua da torneira.

Limitaram a compra para 1 litros de agua mineral por pessoa . Para as crianças ,as prefeituras distribuiram um kit contendo 6 lts.Os legumes,carne e o leite das Provincias vizinhas tambem ja apresentam riscos a saude.A area de Fukushima não  tem muita atividade pesqueira,o que salva por enquanto o consumo de pescado.

O apagão  que e necessario no rodizio de energia,para manter o minimo de condições  de trabalho,esta obrigando muitas empresas estrangeiras e ate japonesas a repensarem a mudança para outros Paises.Muitas areas do mar tomadas pelo homem,como a da Disneyland,que tinham 6 metros de fundação  nos estacionamentos e predios foram abalados.Outros lugares como a região  de Ueno ja apresentavam problemas antigos de acomodação  de terrenos e devem ter piorado.

O aumento inevitavel da carga tributaria para aliviar os 310 bilhões  de dolares que ainda são  estimados de prejuizos materiais,vão  levar a população  japonesa a discutir Usinas Nucleares e Mega-cidades.

Na regiao metropolitana vivem 37 milhões  de habitantes .De Yokohama a Chiba, não  da para saber onde termina e começa outra cidade,como em muitas  outras regiões  do Japão .

Uma foto antiga com o Fujisan ao fundo.

Esse post foi publicado em Impressoes do Japão. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s